Quarta, 19 de Junho de 2024
11°C 26°C
Entre Rios de Minas, MG
Publicidade

Comportamento: por que me sinto triste?

Para compreendermos quem nós somos de verdade, precisamos nos permitir passar por essas experiências

01/06/2024 às 11h22 Atualizada em 04/06/2024 às 08h59
Por: Rodolfo Andrade Fonte: Portal Somos Todos Um
Compartilhe:
Portal Zenklub
Portal Zenklub

Para compreendermos quem nós somos de verdade, precisamos nos permitir passar por essas experiências, ou melhor, vivências tristes para então amadurecermos como seres humanos.

Claro que viver em harmonia, com alegria, satisfação e muitas realizações é o desejo de todos.

Se aprendermos a lidar e equilibrar nossas emoções, mesmo que intensas, fortes e desafiadoras, conseguiremos sim mantermos o nosso bem-estar.

Seremos invencíveis, seremos vitoriosos em nossas batalhas internas e certamente ganharemos mais força mental, física e espiritual.

Estamos vivendo em dimensões paralelas, a nossa dimensão interna (onde já tem muita coisa para se ajustar e trabalhar) e na dimensão externa (o lidar com mundo, o trabalho, a família, filhos, relacionamentos, a luta pelo sustento etc).

Nesse mundo (externo) não se iluda em viver apenas os estágios de alegria.

Repito, esses momentos é o que mais queremos. Contudo, amadurecer para lidar com os momentos de tristeza e buscar soluções para enfrentar os desafios que surgem é uma questão de inteligência e sobrevivência emocional.

A tristeza é apenas um sentimento que se desencadeia por diversos motivos, tais como: perdas, medos, apegos, falta de assertividade nos projetos pessoais, autoimagem distorcida, comparações, rompimentos amorosos, trabalhos insatisfatórios, falta de sorte, problemas de saúde e muitos outros.

Se você sente que precisa melhorar, aprender a lidar com suas emoções, medos e receios, procure auxílio terapêutico.

Fazer sessões breves de psicoterapia, passar por processos de autoconhecimento em terapias podem ajudar você a enxergar o seu mundo (interno) e o (externo) de formas diferentes.

Poderá se surpreender com você mesma(o) ao se permitir quebrar as barreiras e crenças aprisionadoras que você colocou em si mesma(o) ou que permitiu que colocassem em você.

Pense nisso. Evite postergar o seu movimento para o amanhã. O amanhã é uma miragem. O hoje, o agora é o que importa.

Aprendendo a lidar com o sentimento de tristeza

Repassar nossos pensamentos e sentimentos tristes de novo e de novo, pode levar à depressão e evitar que você supere a tristeza. A notícia boa é que existem várias coisas que você pode fazer para se ajudar nos tempos difíceis. Abaixo estão algumas delas.

1. Reconheça seus sentimentos de tristeza - A tristeza profunda muitas vezes pode se manifestar quando os sentimentos não estão sendo enfrentados, reconhecidos e gerenciados. Contudo, é importante lembrar que não há problema em se sentir triste, irritado e confuso. Essas são todas emoções que acompanham a vivência.

Da mesma forma, também é importante encontrar saídas e maneiras de lidar com esses sentimentos, para que você não potencialize essas emoções, o que pode ser prejudicial à sua saúde mental.

Reconhecer seus sentimentos e emoções significa dedicar tempo para estar atento a eles, validá-los e libertá-los. Há um velho ditado que diz que “curar é sentir”. Ou seja, procure compreender as causas das aflições.

Quando existem causas e elas podem ser resolvidas, manter a calma é a melhor saída. Quando não existem causas ou elas não podem ser resolvidas, é possível eliminar os motivos para se agarrar aos sentimentos negativos. Assim, de nenhuma forma eles serão benéficos para o seu bem-estar.

2. Lembre-se constantemente de seu valor

Lembre-se de seu valor próprio. Ou seja, você importa. Isso pode ser algo que você precisará repetir para si mesmo todos os dias. Independentemente de quaisquer mensagens negativas que você possa receber da sociedade, de pessoas próximas e de si mesmo sobre como viver a vida, você tem valor.

Você existe, você está aqui e esta é a sua vida. Assim, ofereça essa oportunidade para uma avaliação rápida de si mesmo, de quem você é e do que você traz para o mundo. Da mesma forma, tente fazer listas das suas qualidades que você valoriza.

Destaque as habilidades especiais que você tem, coisas das quais você se orgulha, realizações pequenas e grandes, e assim por diante. Assim, mantenha esta lista em mãos para que, se você começar a sentir que está sendo engolido pela tristeza, consiga se lembrar sempre.

3. Se alimente bem

Você sabia que alguns alimentos possuem propriedades antidepressivas graças ao seu conteúdo nutricional? Os ácidos graxos, vitaminas e minerais que eles contêm ajudam a regular naturalmente o sistema nervoso. É importante comê-los regularmente, pois certas deficiências nutricionais estão associadas à tristeza e depressão.

Você pode incluir os seguintes alimentos em sua dieta diária: Vegetais de folhas verdes; Aveia; Legumes: grão de bico e feijão preto; Nozes: nozes, amêndoas e pinhões; Sementes de girassol e linho; Abacate;
Tangerinas; Castanhas; Sardinhas; Ovos.

4. Movimente-se todos os dias

O exercício não só ajuda você a ficar em forma, perder peso e ganhar músculos. Ele é fundamental para o bom humor, especialmente para pessoas com rotinas realmente sedentárias. Após exercícios de média intensidade, o corpo secreta serotonina, endorfinas e dopaminas, neurotransmissores responsáveis por sentimentos de alegria e bem-estar.

5. Faça o que você ama

É importante continuar fazendo as coisas que você ama, mesmo em face de uma tristeza crônica. Manter a normalidade fazendo atividades e projetos que te fazem feliz pode agir como um amortecedor contra a depressão.

Se você gosta de tirar fotos, pintar, cozinhar, ler, ouvir música, tocar um instrumento, correr ou qualquer outra atividade, reserve um tempo para fazer as coisas que te fazem feliz e te dão prazer. 

6. Encontre refúgio na natureza

A vida em ambientes urbanos nos removeu da natureza, que tem efeitos de equilíbrio no corpo humano. O contato com o solo ou o mar, os raios do sol, o cheiro da chuva, as cores das montanhas etc. Ou seja, todos eles proporcionam uma sensação de serenidade e harmonia que todos os seres precisam para o equilíbrio.

Se conectar com a natureza constantemente é indispensável para combater a tristeza e recarregar sua energia. Você pode fazer isso ao trazer plantas para a sua casa, harmonizando o ambiente, ao caminhar pela praça da cidade todos os dias ou ao fazer passeios para locais mais próximos da natureza nos fins de semana.

7. Aceite o suporte de sua família e amigos

Encontre conforto nas conexões que você possui. Estar perto de outras pessoas que te fazem feliz tem um efeito positivo em como você enfrenta sua condição. A tristeza muitas vezes pode resultar em sentir-se solitário, por isso é importante gastar tempo com as pessoas que você ama. 

Ter um sistema de apoio concreto, que seja compassivo e de sua confiança, ajudará a reduzir sentimentos de estresse, isolamento, desamparo e a te tornar resiliente para não cair na depressão.

8. Seja grato

Um dos melhores conselhos para superar a tristeza e a melancolia consiste em tentar ser uma pessoa melhor, dar mais do que receber e expressar sua gratidão a todos. Esforçar-se para ser um pouco melhor para o outro a cada dia o cercará de positividade e fará com que você se sinta melhor consigo mesmo.

Um dos aspectos mais poderosos da construção de uma identidade resiliente é viver em gratidão. Encontre pequenos momentos ou coisas para agradecer por todos os dias da sua vida, mesmo nos dias mais sombrios. Pode ser um desafio, mas encontrar gratidão te ajuda a perceber a plenitude de sua vida e todos os aspectos positivos do sofrimento.

 

Fonte/fotos: Portal Somos Todos Um/Dill Rhodrigues - Blog da Saúde Mental/www.vittude.com.br  - Abrata.org - Revista Exame

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Espiritualidade
Sobre o blog/coluna
Espiritualidade tem a ver com propósito e sentido. É um grande ato de conexão entre o ser humano e o divino. É a busca por um reencontro com a sua essência, conectando-se com algo maior que si próprio. Cada pessoa tem sua própria ideia desse conceito. Em um contexto geral, a espiritualidade pode ser definida como a busca humana por um significado para a vida por meio de conexões intangíveis.
Ver notícias
Entre Rios de Minas, MG
25°
Tempo limpo

Mín. 11° Máx. 26°

24° Sensação
2.43km/h Vento
34% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h31 Nascer do sol
05h23 Pôr do sol
Qui 27° 12°
Sex 27° 12°
Sáb 25° 17°
Dom 28° 14°
Seg 29° 14°
Atualizado às 16h03
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,45 +0,28%
Euro
R$ 5,86 +0,33%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,36%
Bitcoin
R$ 374,031,88 -0,42%
Ibovespa
120,340,30 pts 0.59%
Publicidade
Publicidade
Publicidade